Tanto o ensino de idiomas quanto a educação bilíngue podem ser importantes para o desenvolvimento das crianças. Saiba as diferenças!

Você sabe quais são as diferenças entre o ensino de idiomas e o ensino bilíngue? E sabe como o inglês pode ser aplicado na sua escola? Para te ajudar a tirar essa dúvida, a Pearson Global School vai explicar quais são essas distinções, as características de cada tipo e a melhor opção para investir logo no começo do processo de aprendizado de uma segunda língua das crianças nas séries iniciais do ensino fundamental. 

Ambas as metodologias de ensino têm seus pontos positivos, por isso analise cada uma delas e saiba qual pode ser a ideal para você realizar um investimento. Acompanhe o texto! 

O que é o ensino de idiomas?

O ensino de idiomas, como o de inglês, tem como foco o aprendizado de uma segunda língua, em que os estudantes aprendem as regras gramaticais, ortografia, interpretação de texto e compreensão de dialetos e de pronúncias. O ensino de idiomas pode fazer parte de atividades extracurriculares, mas não é oferecido de forma homogênea aos alunos, além de não abordar conteúdos de outras disciplinas na língua inglesa. 

Geralmente, os alunos frequentam aulas de inglês ou de outra língua de interesse por poucas horas semanais em escolas de idiomas, tornando o contato periódico e não intenso. Assim, o aluno só tem contato com inglês em sala de aula ou quando realiza as tarefas de casa. 

Porém, isso não é suficiente para desenvolver uma comunicação da língua inglesa, pois também é preciso trabalhar a fluência. Nas aulas da sua escola, com o apoio do material didático, os professores conseguem abordar diversas situações específicas, como viagens, intercâmbios e relações com pessoas de outros países pela internet ou pessoalmente. 

O ensino de uma língua também pode ser oferecido na escola convencional, onde geralmente é visto com menos frequência, fazendo do aprendizado uma atividade extracurricular. Isso torna o ensino mais repetitivo e não tão expansivo, ou seja, o idioma não faz parte das outras vivências do aluno.

O que é o ensino bilíngue?

No ensino bilíngue, os alunos não estudam apenas as estruturas e o vocabulário do inglês, por exemplo, e a língua não é somente um conhecimento que está sendo adquirido, mas sim o veículo para o aprendizado de outras disciplinas.

Se a sua escola adotar esse modelo de ensino, irá focar no bilinguismo do aluno, além de realizar a imersão deles no idioma e na cultura dos países que têm o inglês como língua principal. Dessa forma, eles ficam em contato com ela por mais tempo, estimulando a curiosidade e ensinando a diversidade. 

Pelo caminho do ensino bilíngue, os alunos socializam com outras pessoas, participam de vivências e de atividades colaborativas e criam um diálogo contínuo em inglês. Ao mesmo tempo, aprendem habilidades e competências importantes para o seu futuro no século 21 e para viver em sociedade, como o respeito ao próximo e a autonomia. 

As aulas de diversas disciplinas em um ensino bilíngue seguem o método da interdisciplinaridade, ou seja, os conteúdos são ligados para que o aprendizado seja expandido. Os alunos entram em contato com os assuntos abordados nas matérias tanto na língua mãe quanto no novo idioma que está aprendendo de maneira intuitiva e simples, como é a proposta da abordagem Content and Language Integrated Learning (CLIL), “ensino de idiomas integrado” em português, que já apresentamos aqui no blog da Pearson Global School. 

Quando a sua escola oferece um ensino bilíngue, os alunos aprendem de maneira divertida, lúdica e inteligente, já que há a integração entre o ensino do idioma e os conteúdos de disciplinas escolares, como geografia, história, matemática e biologia. Outros fatores fundamentais para o crescimento e futuro dos seus alunos também são apresentados e ensinados em uma segunda língua, como o inglês.

Aprender uma segunda língua, como o inglês, desde cedo é fundamental para o desenvolvimento, a prática e a familiarização com o idioma. Essas são as principais características do ensino de idioma e do ensino bilíngue para você saber diferenciá-los e entender qual é o ideal para aplicar na sistema de ensino da sua escola. 

Quer saber mais sobre o ensino bilíngue nas escolas? Então fique ligado no blog da Pearson Global School!

Como preparar sua escola para receber o programa bilíngue da Pearson Global School?

CLIL: o que é o ensino integrado de inglês?